PINTORAS BRASILEIRAS

15/01/2016 10:10

EU VEJO O BRASIL COMO UMA  ARCA GIGANTE REPLETA DE JÓIAS, ENTRE ELAS AS PINTORAS BRASILEIRAS. GOSTARIA DE FALAR DE ALGUMAS DELAS E COMPARTILHAR COM MEUS AMIGOS ESPALHADOS PELO MUNDO A SUAS OBRAS.

AO LONGO DESTE ANO DE 2016, ESTAREI POSTANDO MENSALMENTE UMA MATÉRIA, COMENTANDO SOBRE CADA UMA DELAS. ESPERO QUE CURTAM BASTANTE E QUANDO VISITEM O BRASIL APROVEITEM PARA CONHECEREM PESSOLMENTE AS OBRAS DESTAS NOTÁVEIS MULHERES .

PARA COMEÇAR ESCOLHI A PINTORA ANITA MALFATTI, ANITA NASCEU EM SÃO PAULO EM 2 DE DEZEMBRO 1889.

EM 1910 VIAJA A ALEMANHA, ESTUDA PINTURA COM VÁRIOS PROFESSORES, ENTRE ELES LOVIS CORINTH,FRITZ BURGER E ERNST BISCHOFF-CULM .

VISITA A EXPOSIÇÃO SONDERBUND EM 1912 NA CIDADE DE COLONIA, EM 1914, VOLTA PARA O BRASIL E EM SÃO PAULO, REALIZA SUA PRIMEIRA EXPOSIÇÃO INDIVIDUAL, SEM NENHUMA REPERCUSSÃO.

EM 1915 VIAJA PARA EUA, A FIM DE COMPLETAR SUA FORMAÇÃO COMO PROFESSORA DE PINTURA E DESENHO, DESEJO DE SUA FAMÍLIA.

INGRESSA NA INDEPENDENT SCHOOL OF ART E SOB ORIENTAÇÃO DO DO ARTISTA HOMER BOSS, PINTA AS OBRAS MAIS IMPORTANTES DE SUA VIDA.

EM 1917 REALIZA A EXPOSIÇÃO DE PINTURA MODERNA ANITA MALFATTI, FOI DURAMENTE CRITICADA EM UM ARTÍCULO DE AUTORIA DE MONTEIRO LOBATO, ELE CRITICAVA O MOVIMENTO DE VANGUARDA.

EM 1918 PARTICIPA DA XXV EXPOSIÇÃO GERAL DE BELAS-ARTES COM A OBRA LALIVE.

EM 1920,REALIZA SUA SEGUNDA INDIVIDUAL, NO CLUBE COMERCIAL DE SÃO PAULO, ONDE CONHECE OSWALD DE ANDRADE, MÁRIO DE ANDRADE E MENOTTI DEL PICCHIA, TAMBÉM CONHECE TARSILA DO AMARAL.

ASSIM O GRUPO SE AUTOINTITULA O GRUPO DOS CINCO, EM 1923 COM A BOLSA DO PENSIONATO ARTÍSTICO DE SÃO PAULO, ANITA PARTE PARA PARÍS, ONDE PARTICIPA DO SALON D´AUTOMNE NOS DOIS ANOS SEGUINTES.

1926, INTEGRA O SALON DU FRANC E O GOVERNO FRANCÊS ADQUIRE UMA OBRA SUA.

1929, ANITA REALIZA UMA GRANDE AMOSTRA EM SÃO PAULO, EM 1930 ENVIA DUAS OBRAS PARA UMA EXPOSIÇÃO NO NICHOLAS ROERICH MUSEUM, EM NOVA YORK.

EM 1940 ROMPE COM MÁRIO DE ANDRADE, A QUEM ATRIBUIRIA A RECUSA DA PINTURA  ÉPOCA DA COLONIZAÇÃO NO SALÃO OFICIAL DE BELAS-ARTES DO RIO DE JANEIRO.

TRÊS ANOS APÓS SER ELEITA PRESIDENTE DO SINDICATO DOS ARTISTAS PLÁSTICOS, EXPÕE NO VIII SALÃO DO SINDICATO (1944) 

REALIZA UMA RESTROPECTIVA NO MASP EM 1949 E PARTICIPA DA I BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO EM 1951.

EM 1955 APRESENTA NO MASP A MOSTRA 'TOMEI A LIBERDADE DE PINTAR A MEU MODO' E ESCREVE UMA CARTA PÓSTUMA A MÁRIO DE ANDRADE,.

A BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO EM 1963 FINALMENTE ATENDE O APELO DE JORNALISTAS E CRÍTICOS E ORGANIZA UMA SALA ESPECIAL PARA ANITA.

EM NO DIA 6 DE NOVEMBRO DE 1964 ANITA MALFATTI MORRE EM SÃO PAULO.

TRECHO DA CARTA PÓSTUMA ESCRITA POR ANITA MALFATTI A MÁRIO DE ANDRADE:

``PROCUREI TODAS AS TÉCNICAS E VOLTEI À SIMPLICIDADE, DIRETAMENTE, NÃO SOU MAIS MODERNA NEM ANTIGA, MAS ESCREVO E PINTO O QUE ME ENCANTA´´

ESTA TELA FOI A QUE MOTIVOU O ROMPIMENTO DE ANITA COM MÁRIO DE ANDRADE.

ÉPOCA DE COLONIZAÇÃO 

ÓLEO SOBRE TELA

 

INTERIOR DE INGREJA

ÓLEO SOBRE TELA

NU CUBISTA N° 1

ÓLEO SOBRE TELA